Caxias do Sul, RS
54 | 981001395
contato@jeronimo.co

Estamos divididos graças aos ladrões

Estamos divididos graças aos ladrões

Infelizmente chegamos ao fundo do poço. Podem até mesmo dizer que já estávamos nele, mas não ainda. Agora podemos dizer que não existem políticos de fato honestos como imaginávamos ter. Pelo contrário. A grande maioria está em conluio para manter-se no poder.

Antes amigos, partidos se deflagram nas redes sociais com o intuito de provar que “seu político corrupto e menos corrupto que do vizinho”. Querem provar unanimidade mesmo na roubalheira. Tem por interesse a manutenção de suas siglas e legendas, mesmo que isso venha a custar o pão de cada dia do cidadão trabalhador, a escola do pequeno ou posto de saúde do ancião. Simplesmente preocupam-se em defender seu bandido de estimação da última hora, mesmo que seja impossível defender bandidos.

Sempre crio em meu imaginário como deve ser estes políticos ao recolherem-se no seu quarto a noite, com o silêncio sepulcral que tangencia os pensamentos. Será que pensam em nós? Ou pensam em como podem se safar do último depoimento?

Como pode um presidente estar investigado por corrupção e querer conduzir um país de cabeça erguida? Como pode um ex-presidente prestar depoimento como réu e permanecer como esperança para parte da população? Não existem heróis aqui no fundo do poço. Somente existe tristeza, dor e angústia para àqueles que somente querem seguir a vida.

Nós cidadãos não podemos mais ficar a defender A ou B, estrelados ou pássaros emplumados, direita ou esquerda. Isso já basta, já foi. Nos resta agora estarmos unidos em nossas diferenças sociais, ideológicas e financeiras em prol de um futuro, de um amanhã. Caso contrário não haverá amanhã e sim um amontoado de declarações vazias com larápios a controlar nossa vida.

Agora há uma luta em curso: nós -povo brasileiro – contra aqueles que nos afundaram aqui no fundo do poço. E vamos sair daqui do fundo se unidos estivermos. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *