A consciência de cada um

porJeronimo Molina

A consciência de cada um

Normalmente, nós eleitores, reclamamos de nossos políticos. Isso é normal. Talvez porque não saibamos o que realmente fazem, ou porque não recebemos a devida atenção. 

A grande verdade que se observa é que cada vez mais reclamamos dos políticos, porém escolhemos sempre os mesmo a atuarem por nós nas decisões da cidade onde moramos. 

Não basta somente ir até a urna e aproveitar-se do momento para escolher dentre tantos um simplesmente porque é o menos pior. Temos que analisar sua consciência política.

Diante da consciência política do candidato veremos quais serão as chances de aprovar determinada matéria, ou, votar em determinado assunto. Esta define o que um político fará por nossa cidade, pelo nosso bairro, por nós. 

Políticos que não tem consciência navegam de acordo com seus próprios interesses, articulam para se manter no poder somente por obter ganhos futuros, jamais pensam em prol do Povo. 

Por isso a escolha no próximo ano deve ser criteriosa: políticos carreiristas devem ser analisados com cuidado; os novos postulantes também devem passar por um crivo de conduta. 

Cabe a nós vermos qual candidato tem coerência em suas posições, a despeito de partidos, siglas ou vontades pessoais.

Sobre o Autor

Jeronimo Molina administrator

Deixe uma resposta