Caxias do Sul, RS
54 | 981001395
contato@jeronimo.co

Consultas a um clique no smartphone

#RSdeNovoGrande

Consultas a um clique no smartphone

Nem sempre uma consulta médica sai barata. Em média no Brasil se consultar com um clínico-geral não sai por menos de R$ 100 reais, sendo essa visita particular. Se tiver um plano de saúde deve pagar uma diferença. Pior seria esperar nas longas filas do SUS.

Sabendo disso surgiram no mercado aplicativos que resolvem baratear esse custo. Chamado informalmente de uber dos médicos, o aplicativo DocWay é uma dessas novidades. Segundo a revista Exame o aplicativo marca para você uma consulta com um médico de sua preferência (e preço). Também há a alternativa para emergências que pode levar um médico a sua residência em até 3 horas. Um problema é o preço que ainda é um pouco salgado para a grande maioria da população. Uma consulta de emergência custa R$ 200,00 reais.

Apesar das diferenças, o sistema de saúde pública na Inglaterra (NHS) não é diferente do SUS. Filas e muita espera. Pensando nessa praticidade o médico iraniano Ali Parsa desenvolveu o aplicativo Babylon. Nele o usuário não enfrenta filas, não espera quase nada. De acordo com reportagem no jornal britânico The Guardian, depois do cadastro realizado e dos sintomas cadastrados, em 34 minutos um médico apareceu no vídeo do smartphone realizando uma consulta ali mesmo, na hora.

De acordo com Parsa, essa premissa de realizar consultas assim surgiu no seu país de origem, o Irã, mas de tempos atrás, a Babilônia: “Se você ficasse doente na Babilônia cerca de dois mil e quinhentos anos atrás, você poderia ficar em um quadrado que foi designado como um quadrado dos doentes e todos os residentes que passavam iriam dizer-lhe se alguma vez tinham se deparado com que sua doença e , se tivessem, como eles haviam se curado. Era como que um serviço de saúde peer-to-peer muito simples, eles tinham a expectativa de vida mais longa do mundo”, disse.

Ao contrário do serviço brasileiro, o Babylon trabalham com planos mensais, em torno de £4,99 libras, ou seja, R$ 20 reais aproximadamente. Esse seria um valor muito pequeno se comparado com planos de saúde básicos e com custo menor até mesmo para o SUS. Uma revolução como essa poderia diminuir as filas no SUS, propiciar melhor atendimento, disponibilizar uma alternativa ao atendimento presencial. É o advento da telemedicina

Telemedicina já é usada no Brasil

Poucas pessoas notam mas a telemedicina já é utilizada no Brasil. As centrais de regulação do SAMU usam a telemedicina para avaliar se o paciente necessita de ambulância ou não. Com diversas ligações no dia se torna mais barato utilizar o telefone como triagem dos pacientes, facilitando assim o atendimento mais assertivo.

Outras novidades também estão surgindo por aqui, como as cirurgias a distâncias e os grupos de medicina em aplicativos do cotidiano como WhatsApp. Com estas ferramentas tecnológicas se pode diminuir os custos com saúde e propiciar para a população um serviço mais adequado e rápido.

Infelizmente o aplicativo Babylon não funciona no Brasil, somente na Inglaterra, mas provavelmente em breve a companhia pretende expandir suas fronteiras. Inclusive tem por missão “Nosso desejo é dar acessibilidade e qualidade de serviços de saúde nas mãos de qualquer pessoa no mundo”.

Apesar de ousada é bem possível que eles consigam.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *