Deputados votam o fim da lava-jato

porJeronimo Molina

Deputados votam o fim da lava-jato

Sabemos que impunidade é reinante no Brasil atual. Não é para menos. Legisladores se defendem de acusações de crimes todos os dias nas tribunas dos parlamentos cidades a fora, deputados se esgueiram pelos corredores em busca de alento por trás do manto do foro privilegiado. No entanto havia ainda uma luz no final do túnel: Operação Lava-Jato. Porém, os deputados votaram o fim da operação, claramente contra o país e seu Povo.

Com 313 votos a favor, os deputados votaram a favor de emenda protocolada pelo PDT para criar crime de responsabilidade contra juízes e promotores do Ministério Público. Na prática isso faz com que ambos possam ser denunciados se realizaram investigações de maneira temerária ou acusarem agentes públicos de improbidade administrativa. Uma clara demonstração que a grande maioria dos deputados foi a favor da impunidade.

É lógico que isso poderia acontecer. Com toda a mídia envolvida no trágico acidente que tirou a vida de todo o time da Chapecoense e com a manifestação ocorrida antes em frente ao Congresso — com atos de vandalismo — tinham caminho livre para aprovar essa vergonha.

Esperaram a calada da noite, de madrugada, quando poucos acompanhavam o desenrolar da “vingança” dos políticos contras as instituições que querem defender o cidadão contra os maus políticos.

Obviamente isso não foi somente retaliação. Com o avanço das investigações e com a famosa lista da Odebrecht, existem diversos políticos que serão delatados. Foi a grande maioria destes potenciais delatados que se revezaram na tribuna para defender essa afronta contra a população e contra os membros de judiciário.

Para se ter uma ideia, alguns partidos liberaram suas bancadas, ou seja, a maioria dos deputados destes votaram a favor do acinte. Abaixo relacionamos, de acordo com dados da Câmara dos Deputados quem votou na emenda do PDT para acabar com a Lava-Jato.

Deputados que votaram contra a Lava-Jato

Se observa que a grande maioria dos partidos votaram a favor da medida para barrar as investigações, provando que o intuito era notadamente salvar a própria pele. Vale ressaltar que Rede, PSOL, PPS e boa parte do PSDB foi contra a medida. Como contraponto partidos envolvidos em escândalos como PMDB, PCdoB e PT estão naqueles que tiveram a votação mais expressiva na emenda.

Sobre o Autor

Jeronimo Molina administrator

Deixe uma resposta