Palocci e o fim do PT

porJeronimo Molina

Palocci e o fim do PT

Com a prisão do ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil nos governo de Lula e Dilma, Antônio Palocci, o fim do Partido dos Trabalhadores está decretado.

Não existe ainda um final do processo instaurado no TSE sobre o recebimento do partido de recursos oriundos de propinas e/ou caixa dois. Porém, com toda a cúpula histórica do PT na cadeia e Lula em vias de acabar indo parar lá não existe prerrogativa para defender o próprio partido.

Com isso haverá nos próximos meses uma debanda histórica de filiados do PT para outros partidos, até quando o “partidão” será reformulado e possivelmente trocará de nome.

Um exemplo prévio do fim de um partido devido a corrupção podemos ver no antigo PRN, partido do ex-presidente Fernando Collor de Mello. Depois do impeachment o partido esvaziou e sumiu do mapa, até mesmo porque ninguém quer ficar atrelado a problemas.

Sobre o Autor

Jeronimo Molina administrator

Deixe uma resposta